1888

No dia 1 de agosto de 1888, Paul Heinrich Trützschler se registra em Crimmitschau como industrial. Indicou como sua profissão ferreiro e serralheiro.

1899/1900

Com Bruno Gey, sócio até 1905, a empresa muda sua firma para Paul Trützschler e Gey. Em Crimmitschau são fabricadas máquinas cardadoras e lobos desfibradores.

1902

Aumento da gama de produtos e início das linhas de abertura e despoeiramento para o processamento de algodão e expansão para os mercados internacionais.

1913

Os filhos Willi e Bruno Trützschler integram a empresa.

1920

Karl Trützschler, o filho caçula, ingressa na empresa. O fundador Paul Heinrich Trützschler se retira.

1948

Novo começo da Trützschler em Mönchengladbach Odenkirchen na terceira geração.

A empresa na Saxônia é expropriada. Com um novo sócio (Curt Müllges), Hans e Hermann Trützschler, os filhos de Willi e Karl, fundam de novo a empresa em Odenkirchen, hoje um bairro de Mönchengladbach.

1967

ITMA Basileia: É apresentada a primeira carda DK da Trützschler. Hoje, a Trützschler é líder mundial do mercado da construção de cardas de alto desempenho.

1969

É fundada nos EUA a empresa American Truetzschler, com sede em Charlotte.

1975

A Trützschler funda a empresa Trützschler Indústria e Comércio de Máquina Ltda, em Curitiba, no Brasil.

1977

A Trützschler funda a joint venture com os sócios indianos da filial Trumac, sediada em Ahmedabad, na Índia.

1990

Entrada da quarta geração na gerência.

Os atuais sócios-gerentes Heinrich Trützschler e eng.º Michael Schürenkrämer integram a direção. Já haviam entrado para os quadros da Trützschler em 1984 e 1986.

1992

Aquisição dos passadores da empresa Zinser.

1992

Início da produção de cardas em Trumac, na Índia.

1994

Herman Trützschler (1924-2012) deixa a direção.

1996

Hans Trützschler (1927-2004) deixa a direção.

1997

Fundação da sucursal em Gaziantep, na Turquia.

2001

É fundada a Trützschler Textile Machinery (Shanghai) Co., Ltd., em Xangai, na China. Em participação passiva até 2011, a Tri-Union Management Co., Honk-Kong, e suas filiais apoiam a expansão e operação.

2003

A Trützschler assume as atividades fora da América do especialista em guarnições John D. Hollingsworth e funda a empresa TRÜTZSCHLER CARD CLOTHING (TCC), em Neubulach, na Alemanha.

2003

Na ITMA 2003, as máquinas Trützschler são apresentadas pela primeira vez no design colorido, mais atrativo.

2005

A Trützschler participa na empresa ERKO GmbH. A nova empresa Erko-Trützschler, em Dülmen, fornece máquinas de não-tecidos, desde a abertura dos fardos até às cardas.

2006

Fundada em 1848, a antiga empresa familiar Fleissner passa a fazer parte da TRÜTZSCHLER NONWOVENS. O portfólio de produtos inclui máquinas e instalações para a indústria de fibras sintéticas e não-tecidos.

2008

Dr. Dirk Burger (CEO) e Andreas Ebenhöh (CTO) iniciam suas atividades como diretores. Eles prestam assistência aos dois sócios-gerentes, Heinrich Trützschler e eng.º Michael Schürenkrämer, na área operacional.

2009

As restantes participações da empresa Erko Trützschler GmbH e os ativos americanos da John D. Hollingsworth são absorvidos. Para o departamento dos não-tecidos, é formada toda uma equipe de vendas comum para todo o programa de produtos.

2010

A Fleissner e a Erko Trützschler, especialistas em não-tecidos dentro do grupo Trützschler, são reestruturadas sob o nome de TRÜTZSCHLER NONWOVENS.

2011

A Trützschler apresenta no mercado a carda de alto desempenho TC11, com uma largura de trabalho ampliada de 1,3 m. Ela oferece o comprimento e a área de cardagem maiores do mundo, para a máxima qualidade e eficiência.

2012

A TRÜTZSCHLER NONWOVENS adquire a gama de produtos da Bastian Winder Technologies GmbH & Co. KG, e passa a produzir enroladores de véu, películas e compósitos.

2012

A Trützschler adquire o know-how e os funcionários da SwissTex, da Suíça, e funda a empresa Trützschler Switzerland AG. A gama de produtos é composta por máquinas e instalações para a produção de fios BCF e fios técnicos.

2012

Pela primeira vez, a Toyota e a Trützschler apresentam sua penteadeira desenvolvida em conjunto na feira Shanghaitex, na China.

2013

A TRÜTZSCHLER NONWOVENS celebra um acordo de cooperação com o fabricante alemão de máquinas de papel Voith Paper, para desenvolvimento e comercialização de instalações chave-na-mão para fabrico de véus úmidos e consolidados por jato de água. São famosos os chamados Flushable Wipes (toalhetes descartáveis), véus que se dissolvem em água em movimento.

2013

O jubileu de 125 anos é festejado pela Trützschler com uma grande festa em família. Nessa festa, as famílias e amigos dos funcionários conhecem os locais de trabalho e a produção.

2015

Entrada do gerente Dr. Ralf Napiwotzki (CFO).

2016

Retirada do ramo das fibras descontínuas e das atividades de carbono.

2017

A partir de novembro de 2017, a Trütschler absorve da Toyota a responsabilidade total para o negócio de penteadeiras, do desenvolvimento até à distribuição, assistência técnica e peças de reposição. Entretanto, ambas as empresas já venderam, a nível mundial, inúmeras centenas de penteadeiras e, além das penteadeiras, também a Superlap TSL 12, recentemente desenvolvida.

2017

Em 2017, a Trützschler festeja os 40 anos da fábrica na Índia.

2018

Heinrich Trützschler e Dr.-Ing. Michael Schürenkrämer se mudam para o conselho de administração recentemente criado.

2018

A nova direção do grupo é constituída por Dr. rer. pol. Dirk Burger, vogal da direção, Sales, Marketing e Service (CEO), Dr.- Ing. Georg Reinhold, gerente da área Nonwovens e Man-Made Fibers (COO NW & MMF), Dr.- Ing. Christof Soest, gerente do Departamento de Tecnologia, área Spinning e Card Clothing (CTO) e por Dr. rer. oec. Ralf Napiwotzki, gerente financeiro, recursos humanos e TI (CFO). Andreas Ebenhöh continua apoiando ao nível mundial as áreas Processos de produção e Garantia de qualidade, na sua função de membro da direção alargada.

1888 - 1948: Sede da empresa em Crimmitschau, Saxônia. 1948 até hoje: Sede da empresa Mönchengladbach.

 

 

A história faz parte do passado. Ou é antes uma fonte de onde brota a experiência.

Desde 1888 que o nome Trützschler é sinônimo de competência no preparo de fibras. Nossos clientes beneficiam desta experiência em constante desenvolvimento. As tendências alternadas nos mercados, as novas tecnologias e as crises econômicas são desafios que assumimos e que nos fizeram crescer.
Heinrich Trützschler e Dr.-Ing. Michael Schürenkrämer têm gerido, com sucesso, o grupo empresarial familiar, na quarta geração, antes de se mudarem em 2018, após mais de três décadas, para o conselho de administração recentemente criado.
Os gerentes Dr. rer. pol. Dirk Burger, Dr.-Ing. Christof Soest, Dr.-Ing. Georg Reinhold e Dr. rer. oec. Ralf Napiwotzki são responsáveis pelos negócios operacionais. Eles se baseiam no know-how da Trützschler, que tem vindo a crescer nos seus 130 anos de história, para continuar a escrever o futuro de nossa história de sucesso.